O Que Significa o Símbolo Comunista? Qual a Sua Origem? É Proibido?

O símbolo comunista é representado pela imagem da foice e do martelo. Este é um dos símbolos mais utilizados por indivíduos do movimento socialista e comunista. Este movimento foi disseminado por personalidades bem conhecidas como Friedrich Engels, Vladimir Lênin e Karl Marx. O emblema são símbolos da ideologia comunista e por durante muito tempo foi utilizado nos brasões e bandeiras da União das Repúblicas Socialistas Soviética (URSS) e demais repúblicas constituintes.

Origem do símbolo comunista

O símbolo comunista, representado pela foice e martelo, foi criado no período da Revolução Russa em 1918. Este foi o período em que os trabalhadores russos, liderados por Vladimir Lênin mantinham a ideia de que a vitória do socialismo só ocorreria se houvesse união entre os camponeses e operários.


O idealizador do símbolo comunista foi o artista e religioso Evgueni Kamzolkin em 1918. Este artista, mesmo tendo criado o símbolo da foice e o martelo, não era comunista e vinha de uma família rica. Alguns interpretam que o símbolo partiu da maçonaria onde a representatividade era através de um cinzel e um martelo.

A proposta da ideologia comunista é de que a foice representaria a força dos camponeses, em vista que o martelo representaria os trabalhadores das indústrias. A união dos dois objetos mantém uma aliança entre os proletariados essenciais, havendo assim a revolução social e comunista.

Na bandeira, a foice se mantém sobre o martelo e ambos ficam em um fundo vermelho. Dá impressão das duas ferramentas estarem entrelaçadas.

uma bandeira do símbolo comunista

O que significa o símbolo comunista?

O símbolo comunista, representado pela foice e o martelo tem em cada um dos objetos, significados distintos. O martelo aparece representando o trabalhador industrial, enquanto que a foice representa o trabalhador do campo. Ambos levam aos trabalhadores a ideia de esperança na busca de melhores condições de vida.

Estas ferramentas foram escolhidas pelos trabalhadores comunistas para dar representatividade ao sistema averso ao Capitalismo. Por isso, estão presentes em todas as bandeiras comunistas dos partidos espalhadas pelo mundo.

As pontas da estrela representam os continentes americanos, europeus, africanos, asiáticos e Oceania. A cor vermelha reverencia o comunismo por representar todo o sangue que foi derramado durante a Revolução Russa. Este símbolo surgiu por causa da Revolução Russa em 1918 com o objetivo de mostrar o quão importante era a unificação das classes trabalhadoras.

Uso do símbolo

Está presente na bandeira comunista símbolos que representam os trabalhadores industriais e agricultores. A isto, chama-se proletariado. Os símbolos com as estrelas de cinco pontas que representam a sociedade comunista através dos camponeses, operários, intelectuais, exército e juventude aparecem na cor amarela e o fundo em vermelho (simbolizando a Revolução Industrial).

A União Soviética incorporou na bandeira, a estrela vermelha fimbriada em amarelo ouro. A foice e martelo ficaram com a mesma tonalidade. O Vietnã, angola, República Popular da China e Moçambique, também incorporaram símbolos parecidos em suas bandeiras. Eles também davam a conotação comunista.

A foice e o martelo tornaram-se símbolos universais e encontram-se presentes na grande maioria dos partidos de cunho comunista espalhados pelo mundo. Mas na bandeira do Partido Trabalhista da Coreia, o martelo está presente representando os trabalhadores das indústrias e para representar os trabalhadores do campo foi inserida uma enxada. Ainda está presente o pincel, bastante utilizado na caligrafia coreana. Ele representa o intelectual humano.

Bandeira do comunismo

uma estrela com o símbolo do comunismo

O símbolo comunista iniciou no século 18, na França. No ano de 1978 o gorro foi adotado como símbolo, já que na Roma e Grécia antigas, o gorro é característico dos escravos alforriados. A bandeira, inicialmente, era indicação da Lei Marcial do governo. Após, em 1792, foi usada pela primeira vez em um protesto que pedia a soberania do povo. Depois disto a notoriedade da bandeira de alastrou por todo o mundo representando os indivíduos que mantinham-se em luta.

Os operários passaram a assumir o símbolo comunista e os partidos e sindicatos iniciaram o bordado nas bandeiras. No ano de 1917, a Revolução Russa deu passagem a um Estado Socialista. Este Estado adotou a bandeira vermelha com os símbolos da foice e do martelos cruzados. Desta forma, estariam representando a união dos trabalhadores do campo e da cidade.

Países que proibiram o símbolo comunista

Na Polônia, os jovens não podem mais andar com suas camisetas vermelhas de Che Guevara. Isto porque em junho de 2010 a lei que proíbe a exibição de símbolos comunistas entrou em vigor no país. A Polônia foi um dos países que mais sofreu no período do comunismo. Entre os anos de 1948 e 1956 dezenas de pessoas tiveram suas vidas ceifadas. Ora foram presas, ora foram mortas, enviadas para trabalhos de campo o para a URSS.

A Lituânia tornou crime a exibição de símbolos comunistas e nazistas em público. Em 1939, depois do pacto Molotov-Ribbebtrop, A Lituânia perdeu 780.000 cidadãos por ventura da ocupação comunista. Destes, 275,697 foram deportados ou condenados aos gulags. A independência do país só retornou em 1990.

O uso de símbolos nazistas e comunistas foi proibido em 2011 ao país da Geórgia. 1500 igrejas foram destruídas durante o domínio soviético e milhares de pessoas inocentes foram mortas ou enviadas para os gulags, vindo a morrer depois. Dentre os mortos estavam o escritor M. Javakhishvili, o cientista filósofo Gr. Tsereteli e os poetas T. Tabidze e P. Iashvili. A idependência do país só ocorreu em 9 de Abril de 1991, mas a data nacional é a de 26 de maio quando o primeiro presidente foi eleito.

Em 2012 a Moldávia proibiu o uso dos símbolos comunistas. No ano de 1991, tornou-se um Estado independente desencadeando diversos conflitos militares. Em 1992 houveram 1000 mortes e 130.000 refugiados e deslocados. Em 1993 o Estado recusou a proposta de reunificar com a Romênia.

uma parede grafitada com o simbolo do comunismo

Pergunta dos leitores

O símbolo comunista e socialista são iguais?

Sim. No ano de 1917, através da Revolução Russa, a foice e o martelo tornaram-se símbolos socialistas.

Como fazer o símbolo da foice e martelo no teclado?

Se estiver em um computador bastará manter pressionada a tecla ALT enquanto digita a sequência de números 9773. Após, o símbolo aparecerá na tela. Agora se você estiver com um notebook terá que pressionar a tecla Num Look para digitar a sequência de números.