Simbologia da Serpente – Qual o Seu Significado? Simboliza a Morte?

A serpente – chamadas também de cobras – se tratam-se répteis que pertencem à ordem Squamata. São animais, em sua maioria, peçonhentos. Ainda se caracterizam pela ausência de pernas e patas, perdidas durante o seu processo de evolução.

Devido a funções anatômicas, muitas delas conseguem devorar suas presas de forma inteira, sem mastigá-las. Além disso, acredita-se que existam quase 3 mil espécies diferentes desses répteis pelo mundo.

Elas causam um certo medo nas pessoas em geral, mas também curiosidades. Ainda são atribuídas a elas diversas simbologias, que variam de acordo com a cultura ou religião.

 

Qual a simbologia da serpente?

Como já mencionado, são várias as simbologias da serpente. O significado do animal muda de acordo com a cultura ou a religião em questão.


Em muitas culturas, porém, as serpentes estão, geralmente, atreladas ao mal, às trevas e à morte – possivelmente por ser um animal que desperta muito mistério, além de peçonhento. Mesmo assim, a serpente é um animal com muitas outras simbologias.

Em algumas culturas, inclusive, o réptil é considerado sagrado e simboliza a renovação, a sabedoria, a vida, entre outras virtudes.

uma serpente em uma arvore

O que significa serpente na bíblia?

Na Bíblia, no Antigo Testamento, a serpente aparece como um ser que fala. Ela significa o mal e a ambição do ser humano em se tornar Deus. Isso porque, de acordo com a história, fora a serpente, representando o demônio, que adentrou no Jardim do Éden. O objetivo do ser maligno era seduzir Adão e Eva.

A serpente maligna, conforme descrito no livro de Gênesis, seduziu e convenceu Adão e Eva a comerem o fruto da árvore proibida. Segundo a serpente, comendo o fruto, eles teriam todo o conhecimento sobre o mundo e sobre o bem e o mal. Assim, os dois possuiriam os mesmos poderes de Deus. Ao comerem o fruto proibido, convencidos pelo animal. Adão e Eva foram expulsos do Paraíso.

No Novo Testamento, a serpente aparece de novo e é totalmente atrelada como um símbolo do mal. É, inclusive, associada ao próprio demônio. No livro do Apocalipse de São João, por exemplo, podemos encontrar uma passagem que se diz que um anjo desceu do céu com a chave do abismo e que prendeu um dragão, que seria o próprio demônio – que anteriormente se apresentava em forma de serpente.

Como é possível perceber, para a Bíblia a serpente tem o seu significado representado como um símbolo voltado ao mal e que simboliza, muitas vezes, o próprio demônio.

Significado no Egito antigo

Na cultura do Egito Antigo, a serpente era venerada pelo povo. O animal possuía uma simbologia de saúde, de proteção e de sabedoria. A serpente era considerada um verdadeiro talismã de extremo poder.

A serpente, ainda no Egito Antigo, também referia-se a ação da energia que tudo criava e uma ligação entre as trevas e o céu. As serpentes, para os egípcios, traziam muita sabedoria e proporcionam poderes para a intuição.

Venerada pelo povo, a serpente também tinha a função de proteger os lares no Egito Antigo. Prova de sua veneração é que a sacerdotisa Cleópatra possuía diversos adornos que simbolizavam o animal, inclusive na espécie de corôa, que usava em sua cabeça.

Seu significado na espiritualidade

Para a espiritualidade, em geral, a serpente pode possuir significados diversos. Em algumas correntes espirituais, o animal representa um papel fundamental na criação da natureza. Elas estaria ligada à essência da própria natureza e seria uma forma de organizar o caos, por ser um predador que ajuda no equilíbrio ambiental.

Outras correntes espirituais consideram a serpente como um símbolo de renovação. Isso devido ao seu processo de descamação, que dá origem a uma nova camada de pele.

Significado da serpente na umbanda

Na Umbanda, a figura da serpente está ligada ao orixá  Oxumaré. Tanto que os seguidores da religião dão as boas-vindas a Oxumaré, saudando com “Orobobô!”. O Orobobô trata-se de uma figura onde uma cobra se mantém em circulo e morde a sua própria cauda.

Oxumaré é um orixá que representa a destreza e a agilidade. De acordo com a religião, ele reside no céu e chega até a Terra através do arco-íris. Também simboliza a abundância, a prosperidade, a fortuna e a riqueza.

Na mitologia grega

Na Mitologia Grega o animal, em geral, simboliza a sabedoria. Tanto que a serpente é um dos símbolos que se refere à Medicina, aparecendo junto de Asclepio.

Por outro lado, na história sobre Laocoonte – que era sacerdote de Apolo (o Deus do Olimpo) –  faz com que sua rebeldia e sua desobediência contra Apolo resulte no envio de duas grandes cobras, que tinham o objetivo de matá-lo. Aí podemos perceber uma simbologia de malevolência atribuída à serpente.

Também na lenda grega de Hércules, a serpente pode ser considerada como um símbolo do mal. Isso porque o grande guerreiro enfrenta o monstro Hidra – uma criatura descrita como um corpo de dragão com nove serpentes sobre a cabeça.

Em outras culturas e religiões

uma serpente

Em outras culturas e religiões o símbolo da serpente também está presente e adquire diferentes simbologias e significados.

Na Mitologia Nórdica, por exemplo, existe a lenda de Jormungand, que era conhecido como a cobra de Midgard. Era filho de Loki (Deus do Fogo, da Magia e da Trapaça) e de Angurboda (Deusa do Medo). Odin (Deus da Sabedoria e da Guerra) sequestra os três filhos de Loki e Angurboda: Jormungard, Fenrir e Hel.

Odin joga Jormungand ao mar. Jormungand, então, acaba por adquirir a forma de uma grande serpente, que recobre todo o mundo, além de engolir a sua própria causa, como na lenda de Ouroborus.

Já para as culturas orientais, como o Hinduísmo, o Budismo e na prática da Ioga, o animal simboliza a força da vida. Também representa a energia do cosmos e do sexo, além da força vital e da cura.

A serpente ainda está associada a energia chamada de Kundalini (energia espiritual e física que se concentra na base da nossa coluna), representando, assim, a espinha dorsal. A figura delas, como forma de energia, chegaria, então até a nossa cabeça, nos proporcionando mais equilíbrio e curas.

Para o Xamanismo, a figura simboliza a renovação e a cura. Isso devido ao processo de troca de pele das cobras. Ainda está atrelada a energia da sabedoria, da sensualidade e da vitalidade.

No Horóscopo Chinês, elas também aparece. Acredita-se que as pessoas nascida sobre o signo da serpente têm virtudes como: elegância, sabedoria, cautela e sensualidade. Porém, têm também alguns pontos negativos: insegurança, desconfiança, frieza e calculismo.

Tatuagem de serpente

Tatuagens de serpentes são muito comuns e, provavelmente, estão entre as que mais fazem sucesso nos estúdios de tatoo. Encontram-se desenhadas em diversas partes do corpo, tanto em homens como mulheres – seja em preto ou coloridas.

Os tamanhos das tatuagens delas são variados. Vemos tatuagens de serpentes pequenas ou gigantes, que recobrem praticamente o corpo todo da pessoa.

A tatuagem de serpente nunca sai da moda é uma boa opção de desenho para quem pretende fazer uma tatoo.