Rosa dos Ventos – O Que é? Significado, Origem, Tattoo, Direções

Você sabia que a Rosa dos Ventos já foi o símbolo da antiga companhia aérea Varig? Isso no distante ano de 1961. O desenho que aponta as direções aparece há séculos em cartografia, a arte de desenhar mapas. É usada por navegantes desde os tempos de antes de Cristo. É uma representação gráfica que serve para ajudar a encontrar as direções.

A Rosa dos Ventos, com sua representação multicolorida atrai especialmente a atenção de crianças. Seu uso está sempre relacionado a viagens e longas distâncias. Representando os quatro sentidos fundamentais e pontos intermediários para todas as direções.

O que é a Rosa dos Ventos?

A Rosa dos Ventos é a o símbolo das principais direções do planeta. Atribuída ao rei Ptolomeu II, do Egito, que reinou entre 281 a.C até 246 a.C.

Serve para ilustrar bússolas, determinar as direções nos mapas e auxilia na navegação e deslocamento, seja por terra, mar ou ar. O símbolo em forma estrelada, aponta os pontos cardeais básicos – Norte, Sul, Leste e Oeste. Estas direções são as pontas maiores no desenho.


Na Rosa dos Ventos, para cima, está o Norte. Pensamos sempre no Polo Norte ao falar dessa direção. A ideia é que basta saber apenas uma direção para se orientar e encontrar todas as outras direções. A partir do norte, que podemos encontrar, apontando para baixo, o sul. À esquerda temos o oeste, ou poente, porque é onde o sol se põe. E à direta, vamos ter o leste, ou o lado do sol nascente.

Se uma pessoa estiver com uma bússola e se posicionar de frente para o norte, o ponteiro vai apontar para a frente, e o sul às costas.

SignificadoDesenho da Rosa dos ventos

Cada ponto da Rosa dos ventos indica uma direção. E cada direção tem número certo dentro de um círculo de 360 graus. Quem se recorda das aulas de geometria, vai lembrar que uma esfera perfeita tem 360 graus. Neste caso, o mundo, que é redondo, está dividido em números, cada um apontando para uma direção.

No total, o desenho estrelado, mas que tem nome de flor, aponta para 4 pontos cardeais. Em seguida, vêm os 4 pontos intermediários chamados de colaterais. Com pontas menores, vêm mais oito pontos fracionados, chamados de subcolaterais. Todos eles com valores que variam de 0° graus a 360° graus. Todos com nomes derivam dos principais – Norte, Sul, Leste e Oeste.

Significado místico da Rosa dos Ventos

A magia e as ciências ocultas foram muito hábeis em se apropriar da Rosa dos Ventos para dar mais ênfase a seus encantos e ritos. Se a ciência utilizava os ventos e as estrelas para guiar seus caminhos, a feitiçaria podia usar um símbolo científico. Afinal, usar os ventos como mensageiros e os pontos cardeais para rituais mágicos é coisa do misticismo.

A Rosa dos Ventos pode ser usada como objeto encantatório para conjurar forças naturais. Com o uso correto de um mapa e uma bola de crista, bruxas usavam o símbolo dos pontos direcionais para enxergam mais longe do que os olhos podiam ver.

Origem da Rosa dos Ventos

Tudo indica que os grandes navegadores do século 16 já utilizavam a Rosa dos Ventos em seus mapas. A utilização do antigo símbolo egípcio na Europa é creditada a cartógrafos europeus do século 14. Sua criação veio graças ao entendimento da bússola que aponta para o norte. Criação dos vikings, no começo da era cristã.

Os vikings usavam uma pedra de metal imantado, um ímã, colocado em uma casca de árvore, flutuando em um barril de água. o ímã aos poucos se movia para o norte da terra, apontando para a região onde os vikings viviam. Ou seja, o norte. Os povos vikings tinham uma invenção que sempre apontava para ‘casa’.

A bússola era usada em noites sem lua, muito escuras, ou em nevoeiros. Mas era desnecessária em noites estreladas. Os povos vikings se guiavam pelas estrelas e constelações.

Pontos cardeais

Abaixo, os nomes e números em cada ponta do símbolo da Rosa dos Ventos.

Começando pelo Norte, que na Rosa dos Ventos e no mapa-múndi, aponta sempre para cima. Sua posição é a de número ZERO e também 360 graus, para fechar o número completo. Uma bússola eletrônica, porém, só vai apontar até o número 359. Depois disso, ZERO é o número que vira. Isso acontece porque o ZERO também é um algarismo e neste caso, tem o valor inicial.

Todos os pontos vão receber números a partir de ângulos, seguindo do norte para o leste, em sentido horário. Sendo assim, os pontos maiores da Rosa dos Ventos serão marcados numericamente como veremos abaixo:

  • Norte – 0º e 360° – Aponta para cima. Representado pela letra ‘N’ em português e inglês.
  • Leste – Forma o ângulo reto de 90° graus. Aponta para a direita, para o sol nascente. Representado pela letra ‘L’ em português e ‘E’ em inglês – ‘East’. Também indica a posição do Oriente.
  • Sul – Equivale a 180° graus. A ponta indica para baixo. É representado pela letra ‘S’ em português e em inglês – ‘South’.
  • Oeste – Marcado em 270° graus, representa a civilização ocidental (western). Aponta para o sol poente. Escreve-se com ‘O’ em português e com ‘W’ em inglês. Pela semelhança da letra “ó” com o algarismo ‘ZERO’, é incomum encontrar bússolas em português. O norte, equivalente a ZERO, pode ser confundido com o Oeste.

Pontos colaterais

Entre os ângulos inteiros dos pontos cardeais, estão mais quatro pontos colaterais. Servem para dar mais precisão ao direcionamento dos viajantes. São eles:

  • Entre o Norte e o Leste – Nordeste – 45° graus. Escrito como NE no Brasil e também em inglês ‘NE’ – northeast.
  • Entre o Leste e o Sul – Sudeste – southeast – ‘SE’ em inglês e português. Seu valor em graus é 135°.
  • Entre o Sul e o Oeste temos Sudoeste ‘SO’ ou southwest – ‘SW’, em inglês. Valor gradual de 225°.
  • Finalmente, Noroeste, entre o Oeste e o Norte, ‘NO’ ou northwest ‘NW’, com valor de 315° graus.

Pontos subcolaterais

São oito os pontos subcolaterais. E seus valores são quebrados e frações dos pontos colaterais.

  • ENE:  leste-nordeste – de 61.88° até 73.12°
  • ESE: leste-nordeste – de 106.88° até 118.12°
  • SSE: sul-sudeste – de 151.88° até 163.12°
  • NNE: norte-nordeste – de 61.88° até 73.12°Tatuagem nas costas da rosa dos ventos
  • NNO/NNW: norte-nordeste – de 331.88° até 343.12°
  • SSO/SSW:  sul-sudoeste – de 196.88° até 208.12°
  • OSO/WSW: oeste-sudoeste – de 241.88° até 253.12°
  • ONO/WNW: oeste-noroeste – de 286.88° até 298.12°

Significado de tatuagem da Rosa dos Ventos

A Rosa dos Ventos representa desejos de boa viagem. A pessoa que usa este símbolo quer a liberdade de escolher seus caminhos. É um símbolo que representa auto-afirmação, alegria e grandes aspirações.

Significado dos ventos

Eólos é o nome do deus grego que comanda os ventos e estava sempre em rixa com Poseidon, senhor dos mares. Eólos dizia que sem os ventos, os mares não se moveriam e morreriam. Por afrontar Poseidon, o deus menor Eólos foi banido para a ilha mais distante do mundo, de onde, segundo as lendas, vêm os ventos de tempestades.

  • Bóreas (N) – frio e violento;
  • Zéfiro (O) – suave e agradável;
  • Euro (L) – criador de tempestades;
  • Noto (S) – quente e formador de nuvens;

E os menores: Cécias (NE), Apeliotes (SE), Lips (SO) e Siroco (NO).

Desenho da Rosa dos Ventos

Para desenhar a Rosa dos Ventos, faça uma quadrado, coloque os pontos cardeais entre os ângulos e desenhe as linhas principais. Diminua um pouco o tamanho das linhas colaterais apontando para os ângulos do quadrado. Para terminar, faça pequenas pontas com a metade do tamanho dos pontos colaterais entre estes e os pontos cardeais. Divida as pontas no meio e pinte em cores de vermelho, verde, azul e amarelo. Coloque as iniciais e você terá uma linda rosa dos ventos!