Esfinge – Significado, Esfinge Egípcia, Grega, Enigma, Curiosidades

A esfinge é uma criatura mítica que possui o corpo de leão e a cabeça de um ser humano, um falcão ou até um gato. Pelo olhar grego ela tem pernas de leão, asas de um pássaro grande e o rosto de uma mulher. Estas criaturas são consideradas impiedosas e traiçoeiras. Para quem não consegue resolver seu enigma sofre um destino bem trágico e característico dos contos mitológicos. São mortos e agressivamente devorados pela esfinge voraz.

Os egípcios tem uma visão bem diferente da esfinge. Para eles, ela é caracterizada por um ser humano e era vista como um ser benevolente e não agressiva e má como o gregos sugerem. Elas eram tidas como guardiãs e muitas vezes eram homenageadas através de grandes estátuas inseridas na entrada dos templos para que todos admirassem.

O que é uma esfinge?

A grande esfinge de Gizé, conhecida popularmente apenas por esfinge é uma estátua de pedra calcária que representa uma criatura mitológica com a cabeça de um ser humano e corpo de leão. A estátua fica localizada no planalto de Gizé, na margem oeste do rio Nilo no Egito. Dizem que o rosto da estátua representa o rosto do faraó Quéfren.

Esta é a maior estátua feita de monólito no mundo possuindo exatos 73,5 metros de comprimento, 20,22 metros de altura e 19,3 metros de largura. É considerada a escultura monumental mais antiga que existe construída por egípcios antigos do velho império durante a supremacia do faraó Quéfren.


Qual o significado de esfinge?Imagem de ma Esfinge egípcia

Significa o poder, o sol, a proteção, o sagrado, a sabedoria, a realeza. Mas também o mistério, a destruição, o azar e a tirania.

Esfinge egípcia

A esfinge Gizé

Os egípcios retratam a esfinge como um ser místico e ancestral representado por um leão com cabeça de ser humano. Normalmente de um faraó. As esfinges eram consideradas guardiãs com representações de cabeça em forma de pessoa ou de falcão. A esfinge mais conhecida era a de Gizé e ficava na margem oeste do rio Nilo. Possuía um templo pequeno entre as patas.

Esfinge grega

Os gregos acreditam que a esfinge guarda a entrada da cidade de Tebas. E também só permite a passagem de viajantes que respondam corretamente seu enigma. Segundo a mitologia, os viajantes eram questionados com o seguinte enigma: “Que criatura anda com quatro pernas pela manhã, duas pernas à tarde e três pernas ao anoitecer”. Os viajantes incapazes de  responder o enigma eram devorados pela esfinge. Mas o enigma foi respondido por Édipo e a esfinge. Por este motivo suicidou-se atirando-se em um precipício.

Para os gregos a esfinge não é vista de forma positiva. Ela representa uma criatura de mau agouro, agressiva e destrutiva. Para os gregos a esfinge eram monstros cruéis e cheios de enigmas que representavam a feminilidade de maneira pervertida. A origem de esfinge vem do termo “sphingo” que significa estrangular. Assim o nome confirma a visão violenta que os gregos possuem a respeito da esfinge.

O enigma da esfinge

O enigma da esfinge surgiu quando Sófocles, escritor da Grécia antiga, mais conhecido por suas escritas dramáticas, escreveu o drama Édipo Rei. Segundo a história Édipo mataria seu pai e casar-se-ia com sua mãe conforme a profecia.

Sófocles teria escrito que a esfinge só permitia a passagem das pessoas que conseguissem responder ao enigma. Caso errassem, eram estranguladas imediatamente. Centenas de pessoas, entre homens e mulheres tentaram responder o enigma da esfinge sem obter sucesso e morreram instantaneamente.

Quando Édipo se aproximou da esfinge e recebeu a pergunta “Qual criatura tem quatro pés pela manhã, dois a tarde e três a noite?” prontamente respondeu “Os humanos”.

Escultura de Esfinge grega

Édipo sabia que o período da manhã significa a infância quando os seres humanos engatinham. Pela tarda a vida adulta, onde caminham com os dois pés. E a noite representa a velhice, quando os idosos usam de bengalas para se manterem apoiados. Ao responder corretamente o enigma evitou de ser estrangulado pela esfinge.

Curiosidades

Muitos são os mistérios que envolvem a esfinge. Ora ela é vista como um ser benevolente e para outros é um ser malevolente. A idade da esfinge é um mistério ainda não resolvido. Estudiosos afirmam que ela foi construída em meados de 2000 à 3000 a.C. Mas para outros, sua origem se deu por volta de 10 mim anos a.C.

Até hoje acredita-se que a esfinge de Gizé não foi explorada por completo. Isto porque vários pesquisadores garantem que a grandiosa estátua possui diversos túneis. Bem como cavernas que ainda não são de conhecimento das pessoas e aonde é possível encontrar múmias também. Para estes pesquisadores, a cabeça da esfinge é a representação do Faraó que construiu a Pirâmide de Quéfren.

Apenas no século XX, no ano de 1925, a esfinge foi revelada após a extração de toda a areia que a cobria. Foi possível perceber que seu nariz de 1 metro de largura estava cortado. Os pesquisadores acreditam que ele foi atingido por balas de canhão através das tropas de Napoleão Bonaparte.