Águia – Significado, Espécies, Águia de Duas Cabeças, Águia na Alquimia

A águia é considerada um animal celestial e solar. Ela simboliza o poder universal que representa a autoridade, força e poder da vitória e da proteção espiritual. Por ser bastante ágil e habilidosa essa ave com instintos predadores e conhecida como a “rainha das aves” se relaciona com os deuses da realeza. Isto ocorre porque seu olhar perspicaz consegue fitar o sol  sem empecilhos e esta ação representa o símbolo da clarevidência.

Esse animal, por diversos momentos e ao longo do tempo, foi utilizado em brasões dos exércitos. Esteve simbolizando os estandartes do rei dos Persas, Ciro. Posteriormente, durante o segundo consulado de Mário, esteve presente nas lanças como insígnias das legiões. Para os cristãos, a Águia aparece representando pessoas com características de perspicácia, que enxerga longe, penetrante, superior e inteligente. E na mitologia grega, a ave representava o grande deus Zeus.

Qual o significado da águia?

O significado desse animal varia de acordo com cada região e costume. Para os povos cristãos ela é símbolo maior de poder e inspiração das palavras do Pai Celestial. Já na Heráldica, a Águia significa o pássaro dos grandes líderes e dos reis. Na China, ela simboliza a força, coragem e o temor. Para a cultura Celta ela aparece como símbolo do renascimento e da renovação. E para os egípcios ela representa a vida eterna.

Esse animal é considerado psicopompo, ou seja, esta ave tem tem como grande função guiar em ocasiões de transição e iniciação. Por isso, ela é também considerada uma ave mediadora de reinos. Passando pelos reinos divinos e reinos espirituais.


É comparada a Fênix que tem a capacidade de renascer das próprias cinzas. A Águia tem o poder de regeneração espiritual.

Ela foi adotada por diversos países por representar a identidade nacional. Foi o caso dos Estados Unidos e Alemanha. Também foi escolhida como representação dos impérios Romano, Russo, Austríaco e Santo Império Medieval.

Espécies representativas da águiaFoto de Águia

As Águias existem em variadas espécies a depender da região em que vivem. Elas pertencem a ordem dos falconiformes e permanecem, em geral, agrupadas na família dos acipitrídeos. São aves carnívoras e de grande porte, com bico curto e encurvado, mas robusto. Suas pernas possuem garras bem afiadas e utilizam delas para agarrar as presas. Seus olhos são laterais e com aspecto bastante feroz. As fêmeas dessa espécie costumam ser maiores que os machos.

Esta ave de rapina consegue se destacar das demais aves por sua majestade, força e beleza. Características estas que vem conquistando ao longo das épocas a admiração de diversos homens. Por anos ela figurou como simbologia em exércitos, escudos, brasões e emblemas, pois ela representa força e dignidade.

A maioria das Águias costumam caçar através de tocaias e através de seus voos altos. Como possuem excelente visão, conseguem identificar a presa à longas distâncias. A alimentação varia de acordo com a espécie. Para a Águia Pesqueira a alimentação é especializada, mas para outras porém, ela pode ser bem variada podendo se alimentar de pequenos mamíferos, répteis, aves e algumas poucas vezes, de carniça também.

Esses majestosos predadores são de grande importância ecológica. Visto que sua presença ajuda a manter o controle das colônias de roedores, coelhos e diversos mamíferos de portes pequeno a médio. Por isso, em alguns locais, onde Águias são agredidas, acabam por desencadear o equilíbrio do habitat.

As espécies de Águias encontram-se em diversas regiões do mundo e cada uma possui características distintas. Conheça mais sobre as espécies representativas da Águia.

      Águia Real

A Águia Real tem o nome científico de Aquila Crisaetus  e pode ser vista na Europa, América do Norte, Norte da África e Ásia. Tem sua plumagem na cor pardo escura e calda cinza claro. Pode atingir o comprimento de 86 cm e envergadura de 2 metros. Já o peso é o aproximado de 6,5 kg para os machos. Costumam alimentar-se de aves, répteis, pequenos mamíferos e nidifica que ficam em rochas.

      Águia Pesqueira

A Águia Pesqueira tem o nome científico de Pandion Heliaetus. É uma ave peculiar cosmopolita encontrada na América do Norte, América Central e Antilhas. No Brasil, é conhecida como gavião pescador e gosta de capturar peixes em lagos, águas marítimas e rios. Ora mantém-se paradas, ora agitam  as asas em um ponto fixo para após mergulhar e pegar suas presas. O ventre e a cabeça da Águia Pesqueira são de cor branca.

      Águia Cinzenta

A Águia Cinzenta de nome científico Harpyhalietus Coronatus vive no Brasil, Paraguai, Leste da Bolívia e Norte da Argentina. Esta ave é considerada um gavião de grande porte, pois chega a medir 85 cm de comprimento. É cheia de penacho e sua cor é cinza. Apenas na calda  possui coloração preta com o final branco.

      Águia Coroada

A Águia Coroada se destaca entre as Águias da África. Seu nome científico é Stephanoaetus Coronatus e é considerado o rapinante mais forte do continente. Em sua alimentação incluem macacos.

     Águia Marcial

A Águia Marcial tem o nome científico de Polemaetus Bellicosus. As fêmeas dessa espécie chegam a ultrapassar 6 quilos e medir 2,60 metros de envergadura. A fêmea consegue ser maior e pesar mais que os machos. Sua cabeça, peito, dorso e as asas possuem a cinza. No ventre a cor é branca com pontos em cinza. No topo da sua cabeça existe uma pequena crista cinza. Possui bico forte com garras grandes, longas e grossas.

     Águia A. audax

A Águia A. audax de nome científico Pithecophaga Jefferyi é encontrada nas Filipinas. Esta espécie é australiana alimenta-se principalmente de carniça, répteis e aves, mas também caçam macacos e pequenos mamíferos. Existem A. audax do gênero Spilornis que costumam se alimentar de serpentes e diversos répteis e podem ser encontradas na Ásia.

      Águia Imperial

A Águia Imperial tem o nome científico conhecido por A.heliaca  e vive na região da balcânica na península ibérica e na Ásia central. Lá esta ave encontra-se ameaçada de extinção.

Significado da águia de cabeça duplaDesenho de Águia de cabeça dupla

A Águia de cabeça dupla é um antigo símbolo utilizado nas heráldicas e nos brasões. Esta ave simboliza os Impérios de Roma ocidental e Roma oriental. A Águia de cabeça dupla fica simbolizada com uma cabeça direcionada para Roma no lado oeste e a outra direcionada para Bizâncio ao lado leste.

Nas civilizações antigas da Ásia Menor, a Águia de cabeça dupla era representação de símbolo do poder supremo.

Águia na alquimia

A Águia tem significado particular na alquimia. Ela representa a transformação do metal em ouro. A visão é de que existe a transformação de substância impura em substância pura. Por isso, par os alquimistas a Águia simboliza  a renovação e o nascimento.

O renascimento da águia

Da espécie, a Águia é a ave que maior longevidade possui. Ela vice por cerca de 70 anos. Mas, para conseguir chegar a esta idade, precisa antes aos 40 anos, tomar uma decisão difícil e corajosa. Nesta idade, suas unhas encontram-se compridas e bem flexíveis e por isso não conseguem mais agarrar as presas para se alimentar. Seu bico, alongado e pontiagudo, passa a se tornar curvado e as asas ficam pesadas por causa do envelhecimento de suas penas que as deixaram grossas com o tempo.

Nesta idade, torna-se cada vez mais penoso para a Águia alçar voos e esta majestosa ave precisa tomar uma corajosa decisão dentre duas alternativas. Ou espera o momento de morrer ou enfrenta um doloroso, mas necessário processo de renovação que durará penosos 150 dias. Se optar pela segunda opção, o que geralmente ocorre a ave irá volar até o alto de uma montanha e lá permanecer em um ninho próximo a um paredão.

Este deve ser um local seguro para evitar a presença de outros predadores. Lá, ela começará a bater o bico de encontro a parede até que este possa ser arrancado. Após esse processo de coragem e muito dor, ela precisará esperar de maneira bem paciente até que outro bico nasça para só então começar a arrancar a própria unhas. Após o crescimento das unhas, começará a arrancar a penas. Depois de cinco meses a Águia dá o seu famoso voo da renovação vitoriosa e pronta para viver plenamente mais 30 anos.

Por isso, para tantas culturas a Águia é um simbolo de coragem e renovação.